Alfabeto em Braile

Share to Facebook Share to Twitter Share to Linkedin Stumble It Share to Google Buzz Share to Orkut Mais...
História

          Louis Braille perdeu a visão aos três anos. Quatro anos depois, ele ingressou no Instituto de Cegos de Paris. Em 1827, então com dezoito anos, tornou-se professor desse instituto. Ao ouvir falar de um sistema de pontos e buracos inventado por um oficial para ler mensagens durante a noite em lugares onde seria perigoso acender a luz, Louis Braille fez algumas adaptações no sistema de pontos em relevo.


          Em 1829, publicou o seu método. O sistema Braille é um alfabeto convencional cujos caracteres se indicam por pontos em relevo, o deficiente visual distingue por meio do tato. A partir dos seis pontos salientes, é possível fazer 63 combinações que podem representar letras simples e acentuadas, pontuações, algarismos, sinais algébricos e notas musicais.

          Louis Braille morreu de tuberculose, em 1852, ano em que seu método foi oficialmente adotado na Europa e América.

Alfabeto Braille de seis pontos
  • Letras e Números
A, 1                                B, 2                                      C, 3
     

 
D, 4                                   E, 5                                   F, 6


G, 7                                   H, 8                                   I, 9
   


J, 10                                  K                                      L
 

M                                          N                                         O
   


P                                      Q                                          R



S                                        T                                            U


V                                       W                                           X

Y                                       Z



OUTROS SÍMBOLOS

Maiúscula                                            Prefixo Númerico                                 Ponto


Vírgula                                                    Interrogação                                        Exclamação 



Ponto e Vírgula                                    Aspas Início                                         Aspas Final 


  
Hífen                                                        Parênteses



          De acordo com a GRAFIA BRAILLE PARA A LÍNGUA PORTUGUESA (Aprovada pela portaria nº 2.678 de 24 de setembro de 2002 [1]) e publicada pelo MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO e SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL 2ª EDIÇÃO, 2006, fazem-se necessárias as seguintes atualizações:


O sinal de maiúsculas em português é composto pelos pontos (46). Se utiliza-lo duas vezes seguidas significa que a palavra toda é maiúscula "caixa alta". Para uma frase com mais de três palavras em "caixa alta" devemos iniciá-la com dois pontos (25) seguido, sem espaço, de dois sinais de maiúsculas e a última palavra da frase em questão deverá ser antecedida de dois sinais de maiúsculas novamente.



O ponto é somente o ponto (3), que, também, é o apóstrofe.



 Aspas, tanto iniciais como finais.
 

 











Fonte: Wikipédia

1 comentários:

Luciana disse...

Desculpe, devo organizar essa postagem. Aguardem. Beijos.

Postar um comentário

"Aprender é sempre uma aventura excitante e espera-se que o professor seja o primeiro entusiasta do seu trabalho mediador. Quem ama o que faz acaba inventando uma maneira de contagiar outros com o seu amor". (Isabel Parolin)

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p

BBC Brasil